(49) 3060-2300       contato@biasitanques.com.br          

As 4 novas soluções de mobilidade das Olimpíadas de Tóquio

 

Publicado em 28/07/2021

 

Apesar da ausência de público, medida de segurança causada para segurar a pandemia de Covid-19, o fluxo de estrangeiros no país será grande: a Olimpíada somará 11.500 atletas e 79 mil outras pessoas entre equipes de apoio, técnicos, juízes e jornalistas. Vai ser um desafio gigante para a capital japonesa, até porque o número de infecções no país vem crescendo.
Quem vai cuidar da mobilidade de toda essa gente é a Toyota, fabricante de automóveis japonesa que firmou parceria com o Comitê Olímpico Internacional em 2019 para prover o transporte do evento. Serão cerca de 3,7 mil produtos de mobilidade para transportar atletas e outros profissionais entre as localidades da Olimpíada.
A promessa é garantir uma movimentação sustentável e inteligente. Dos veículos usados, 90% serão elétricos, o que vai servir para que esta seja, segundo a montadora, a Olimpíada com menor emissão de gases poluentes da história.
Confira as soluções anunciadas:
1- Transporte entre locais de prova
Mais de 100 ônibus do modelo Sora serão responsáveis por transportar a maior parte das comitivas para os locais de prova e de volta. Trata-se de um ônibus elétrico com células de combustível movidas a hidrogênio. Essa tecnologia utiliza o gás hidrogênio para produzir eletricidade. Apesar de ser zero emissão de CO2 no carro, a tecnologia não é 100% limpa em seu ciclo completo, já que o gás que abastece os ônibus precisa ser extraído da natureza.
O Sora é automatizado e possui sensores que alertam o motorista para a presença de pedestres, ciclistas e outros objetos nos arredores do veículo, evitando colisões. Também há alertas para caso o condutor não freie na hora certa quando estiver se aproximando de um farol vermelho. Os Sora, que carregam até 78 pessoas, conseguem trocar informações entre si sobre o tráfego e podem ser usados como geradores de energia elétrica em caso de apagão.
Outro recurso para o transporte de atletas será o Mirai, um sedã espaçoso que utiliza a mesma tecnologia de células de combustível movidas a hidrogênio. Cerca de 500 estarão em circulação por Tóquio servindo às comitivas da Olimpíada. O modelo é atualmente a menina dos olhos da Toyota, apresentando-se como um carro elétrico que elimina as demoras de carregamento, já que o abastecimento a gás dura apenas três minutos. Contra o modelo conta o fato de que há poucas estações de hidrogênio no mundo. Mesmo assim, a Toyota espera vender 30 mil Mirais este ano – as Olimpíadas, com certeza, serão uma boa vitrine para o marketing.
2- Transporte dentro dos locais de prova
APMs são veículos elétricos de última milha desenvolvidos para auxiliar no transporte dentro dos locais de prova, especialmente para pessoas com necessidades específicas e também para equipes de emergência. O nome é sigla para Accessible People Mover, ou “transportador acessível de pessoas”.
Cerca de 200 desses carrinhos, que chegam no máximo a 19 km/h, estarão em circulação nos jogos. Serão dois modelos: um que carrega o motorista e mais cinco pessoas e outro que carrega o motorista, duas pessoas e uma maca. Nesse último caso, metade da área dos bancos é transformada num espaço especial para a colocação da maca.
Já os BEVs de circulação são veículos elétricos individuais que serão usados pelas equipes médica e de segurança. Esses profissionais terão à disposição dois modelos: um em que o ocupante viaja em pé e outro em que ele viaja sentado. Haverá ainda um terceiro modelo dedicado a pessoas em cadeiras de rodas, com hastes que se acoplam à cadeira, facilitando a mobilidade dessas pessoas.
3- Transporte dentro da Vila Olímpica e Paralímpica
Esses carrinhos elétricos, desenvolvidos especialmente para os jogos, ficarão andando em loop dentro da Vila Olímpica e Paralímpica para transportar os atletas. Eles são autônomos, mas um operador estará presente no interior para monitorar o trajeto. A Toyota promete que essa automação fará com que eles parem bem na beirada da calçada, facilitando a entrada de pessoas em cadeiras de roda ou com outras dificuldades de mobilidade. Cada e-Palette carrega até 20 passageiros.
4- Carro-guia na maratona
A maratona é sempre a última prova dos jogos olímpicos e, neste ano, terá uma novidade quente: o carro-guia será um Concept-i, modelo autônomo da Toyota que opera em nível 4, o maior em termos de autonomia. Trata-se, como o próprio nome diz, de um carro conceito, cuja função principal será demonstrar a tecnologia autônoma ao mundo. Uma de suas inovações será o “Agent conversation” (“conversa com agente”), que usa inteligência artificial para entender a fala humana.
Por automotive business

 

 

Voltar para Notícias
Matriz Caibi

 

Av. da Pátria, 618, Centro - Caibi / SC, CEP 89888-000

 

(49) 3060-2300

(49) 3060-2300

contato@biasitanques.com.br

Filial Palmitos

 

Rod. SC-283, 448, Ac. BR-158, Centro - Palmitos / SC, CEP 89887-000

 

(49) 3648-0196

contato@biasitanques.com.br

Filial Mauá

 

Av. Papa João XXIII, 3188, Parque Sao Vicente, Mauá - SP, CEP 09370-800

 

contato@biasitanques.com.br


 

TANQUES MODELOS ORIGINAIS

Scania

Volkswagen

Volvo

 

ACESSÓRIOS

DAF

Iveco

Mercedes Benz

Scania

Volkswagen/Man

Volvo

 


X Contatos
Construtora Transportes Implementos Rodoviários Tanques suplementares